terça-feira, 3 de julho de 2012

Falta luz nesse monte de escuridão.

O seu sorriso anda muito amarelo, menina.
Seu espírito leve e bondoso já não reluz mais.
As ações já não são tão bonitas quanto seu discurso.
Esqueceu de colocar em seu “currículo” seu monte de vaidade.
Seu egoísmo fez o favor de cancelar tanta solidariedade.
Veste uma armadilha de isopor pintada de aço. Forte e robusta por fora, mas qualquer objeto lançado pode atravessa-la e fazer grande estrago.
Os alhos azuis, muitas vezes marejados, já não são tão sinceros.
Braços e pernas cansadas, hoje só se movem em direções contrárias. É mais difícil quando seu coração e suas palavras não estão em concordância, não é?

Nenhum comentário:

Postar um comentário